Domingo, 16 de Janeiro de 2022

A Solidão do Homo Sapiens
















 











 

 


 


 









 

Gosto


 



 






 

Comentar


 






 

Partilhar


 



























 


 




 





58 min 
Conteúdo partilhado com: Público


Público

 


 



















O Homo sapiens sapiens tem efetivamente mais de 200 mil anos quando se admitia antes uma origem datada de uns 120 mil anos, mas curiosamente na imensa natureza de milhares de géneros e especies, nós, os sapiens sapiens, pertencemos a um único género e a uma única espécie. Se olharmos à nossa volta vemos que há milhares de espécies de borboletas e até as medusas têm numerosas espécies. Somos uma espécie eventualmente descendente do homo neandertalensis, homo erectus, homo ergaster, homo rudolfensis e homo habilis e australopeticídios, já mais primatas com alguns traços simiescos e e de há uns 7 milhões de anos. Todos que podem ter pertencido a uma mesma espécie capaz de se cruzar e cujas diferenças analisadas pelos paleoantropólogos podem ter a ver com as condições em que estavam os fósseis e pela forma como foram surgindo no nosso planeta. Um dos homo antigos com morfologia aparentemente diferente, o pequeno florensis não parece ser um outro sapiens. Apenas habitou um espaço reduzido e a seleção natural privilegiou a pequenez com o menor consumo de bens alimentares.



Muitas espécies tidas como nossos antepassados podem não ser mais que ramos extintos. Sabemos que na antropologia dos fósseis verifica-se que a cada nova espécie homo correspondeu a extinção de outra ou outras. Hoje, assistimos a um processo mais acelerado de extinções em que sobrevivem insetos, animais pequenos, bactérias parasitas do homo, etc e desaparecem os primatas antropoides e animais de grande porte. Enfim, não temos familiares vivos e se tivéssemos tido até ao início do colonialismo teriam já sido eliminados. Os carateres modernos do sapiens que nós somos existem em muito animais e, principalmente, em primatas e espécies fossilizadas. Geralmente conhecemos um caratere e concluímos daí umas ascendência especial. O homem, escreveu Yves Copens pode ter a ver com a influência ambiental e, como tal, ter tido espécies diferentes, mas eu acredito que o homem inventou-se a si mesmo a partir do momento em que foi capaz de comunicar por palavras com poucos sons audíveis e depois disso nunca mais foi capaz de se calar e a comunicação é a nossa primeira atividade. Lamentamos, contudo, a incapacidade de comunicação com seres de outros planetas ou mundos, parecendo que estamos só no universo e sós na filogenia zoológica dos géneros e espécies no habitat terrestre.












Pode ser uma imagem de 6 pessoas e texto que diz "Evolução humana HOMO HOMO HOMO HOMO HOMO ABILIS ERGASTER ERECTUS CRO-MAGHON JAVA HOMO SAPIENS DAL TUM HOMO FLORENSIS HOMO HOMO NEADERTHALENSIS SAPIENS"




 

 



 













Tu e 1 outra pessoa




 












 

Gosto


 



 






 

Comentar


 






 

Partilhar


 































 


 




 




 















publicado por DD às 19:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Solidão do Homo Sapiens

. Dos Zigurates Sumérios ao...

. História do Dia

. O Juiz não conhece a Semâ...

. Casal Ventoso

. Neto de Moura, O Meritíss...

. Conto da Palma da Mão - A...

. O Suicídio do Sósia

. Inédito de Dieter Delling...

. Ali Aziz, O Vergastado

. As Memórias de Kant

. Conto da Palma da Mão: El...

. Conto Inédito de Dieter D...

. A Morte de Cristo em Verd...

. O Cristo Apunhalado

.arquivos

. Janeiro 2022

. Setembro 2021

. Dezembro 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Outubro 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Janeiro 2015

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Junho 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Julho 2005

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds