Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015

Dieter Dellinger: Dívidas Públicas - A Solução BCE

A vitória do Syriza foi a derrota da Merkel e da ameaça germânica explicitada hoje pelo presidente do Banco Federal (Bundesbank).

A solução para a dívida grega e de outros países, incluindo Portugal, é extremamente fácil, basta ter a coragem para a impor a todos os países.

O BCE propõe-se emitir moeda, ou seja, 60 mil milhões de euros mensais durante ano e meio para comprar títulos de dívida pública e privada a bancos e fundos, injetando assim liquidez nos mercados com dinheiro feito a partir do nada.

Se a moeda da compra é pura emissão da zona euro, esta deve pertencer a todos e não se justifica que o credores paguem juros ao BCE, os quais reverteriam para os Estados sob a forma de participação nos lucros em função da sua percentagem no capital do BCE que pode não ser igual à participação na soma das dívidas de todos os países da zona euro. As próprias amortizações da dívida comprada pelo BCE revertem para o BP como participação no lucro do BCE e o BP pode com esse dinheiro adquirir dívida velha ou nova do Estado Português, já que o banco central português não é propriedade do Sr. Costa. Todo o lucro de uma emissão de moeda e lucro do bancos centrais dos países da zona eur.

Assim, nada mais fácil que reduzir os juros a 0% e criar uma moratória para as economias crescerem durante 5 a 10 anos e depois retomar a liquidez, obrigando o Estados a comprarem (pagar) essas dívidas isentas de juros em função do crescimento das respetivas economias e de uma eventual inflação superior a 3% ao ano.

Os países credores serão ressarcidos dos seus créditos por serem adquiridos pelo BCE, não podendo dizer às suas populações que vão pagar dívidas de outros países. O medo de inflação não é grande porque verificamos este fenómeno incompreensível em termos macroeconómicos: inflação zero ou negativa com queda do valor do euro. A razão é que a zona euro é demasiado grande e a deflação anula a expetativa de crescimento económico, logo de lucros ou juros sobre capitais oriundos de fora.

Contudo, pode ser imposta a condição de o défice estrutural, sem juros, ser de 0%, salvo condições extraordinárias.

A União Europeu deverá manter o seu orçamento para subsidiar políticas de crescimento económico que não sejam só de obra pública.

Continuar empenhado na desvalorização relativa do euro para tornar as importações oriundas de países exteriores à zona euro mais caras e, como tal, menos competitivas relativamente às produções locais e as exportações mais atrativas aos compradores do exterior.

Para os países que estão fora da zona euro e ligados a uma serpente monetária com o euro, deverá também ser encontrada uma solução compensatória e, de preferência, convidá-los a entrarem no euro o que iria reduzir o peso de uma Alemanha excessivamente fundamentalista em termos económicos.

publicado por DD às 12:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Neto de Moura: O Pior Por...

. Santos Silva não gosta da...

. Violência Doméstica Antig...

. Putin e a Revolução de Ou...

. A Minha Família na Revolu...

. O verdadeiro crime é vive...

. Dieter Dellinger Comenta:...

. Um Nobel Esquisito Este A...

. As Contradições do Mundo ...

. A Morte de Cristo em Verd...

. O Homem em Declínio da Fi...

. A NOVA ERA DO HOMEM INÚTI...

. O Meu Pai na Alemanha da ...

. O Fim da Guerra para o me...

. O Suicídio do Sósia

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Junho 2017

. Outubro 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Janeiro 2015

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Junho 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Julho 2005

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

Contador de visita
Contador de visita
Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis

.Online

web counter
blogs SAPO

.subscrever feeds